Ensaio de gravidez

Ragi já está com quase um mês, completa dia 16 de outubro. 

O ensaio foi feito no mês de agosto com a participação toda especial de Natan. Quando a gente tem o segundo filho deseja que ele participe de tudo, que se sinta incluído no processo.

Essas são algumas fotos do ensaio que fizemos para comemorar a chegada de Ragi, eu estava com 8 meses, mas minha fotógrafa recomendou que fizéssemos no sexto mês pois a mamãe não está tão inchada.

E foi muito bom vê o resultado das nossas fotos. Vê esse momento tão especial na vida de uma mulher eternizado. Foi esse o resultado:

11924224_1609252939334953_9136406469744110488_n 11061348_1609252906001623_2470647417721930100_o 11224769_1609252892668291_4086773602792541507_n 11855872_1609253092668271_8588614331674489368_n 11884064_1609252869334960_8872887642053090384_o11907211_1609316409328606_2134496090860592709_n

Reeducação alimentar (#200diasparaficarmagra)

Com 55kg (maio de 2008)

Com 55kg – maio de 2008

Para quem nunca veio aqui no blog sou Márcia Danyelle, DyeLL Araújo, sou casada a dois anos, tenho um bebê de seis meses. E sou dona desse blog há oito anos. Mas fazia mais de dois anos que ele não era atualizado. E embora ele estivesse no auge de sua visitações, chegando a receber mais de 500 visitas por dia, eu estava meio desanimada para atualizá-lo. E eu ficava triste por não ter vontade de atualizá-lo e por deixá-lo abandonado. Achava que o blog estava igual aos outros, me revoltava vê as pessoas copiando em número e grau os meus posts e decidi deixá-lo de lado mesmo.

Mas no início desse mês me deu vontade de voltar a escrever. Eu tinha muita coisa para dividir com vocês, falar de festa, de casamento, de maternidade e de perda de peso. Na verdade, eu sentia vontade de dividir meu universo com vocês, desventuras e aventuras. Então, se eu disser que esse blog terá um assunto específico estarei mentindo pretendo falar de: MATERNIDADE, CASAMENTO, FESTAS, PRODUTOS, MAQUIAGEM, VIDA, 30 ANOS, LIVROS, FILMES E PROJETO DE REEDUCAÇÃO ALIMENTAR…

E é sobre esse último assunto que pretendo falar agora: PROJETO REEDUCAÇÃO ALIMENTAR


Quando comecei a namorar meu esposo, Natalicio, eu pesava 55kg. Acho que foi o auge do meu corpo – meus braços estavam magros, não tinha muita barriga e até uma certa bun, pois até aquela época eu era muito magra. Cheguei a 60kg alguns meses antes de casar. Mas me casei estava pesando 57kg, depois de um regime e academia. Tendo, novamente, 60kg quando engravidei. Quando Natan nasceu eu estava pesando 76kg e hoje, estou pesando 67kg e muito infeliz com meu corpo.

Não foi de uma hora para outra que engordei, foi um processo. Foram muitos refrigerantes, coca-cola, brigadeiros e salgadinho que me tornaram o que sou hoje. Mas me reeducar é mais que uma questão de estética, é uma necessidade. Agora, como mãe. é importante educar através de exemplos e não posso dizer ao meu filho para se alimentar melhor quando eu não faço minha parte. Além disso, tive a infelicidade de perder minha mãe muito cedo e embora meu pai tenha me enchido de cuidados, uma mãe e seu carinho não podem ser substituídos. E isso pesa muito na minha decisão de reeducar cuidar do meu filho dando qualidade de vida a mim e consequentemente a ele.

Eu preparei um projeto para perder peso até o aniversário dele, #200diasparaficarmagra e em breve estarei explicando como ele irá funcionar. Por enquanto, vou deixando-os na curiosidade.

Nova coleção esmaltes colorama

Vocês já se perguntaram sobre essa febre de esmalte? Como há tantos blogs especializados em esmalte? Será algo somente brasileiro?

Hoje estava me perguntanto sobre isso, qual o segredo dos esmaltes? Esmalte é moda porque é acessível ou é moda porque começou a pipocar nos blogs?  Penso em um efeito cascata, é uma moda acessível e por isso virou febre nos blogs e nas prateleiras. Quer coisa melhor do que ter algo da moda e super pelo preço de R$1,99 ou quase R$3,00? De repente, toda mulher quer ter um esmalte.

Eu sempre gostei de esmalte, talvez por não tê-los quando mais nova, decidi enlouquecer com eles. Nesse tempo de namoro/noivado Natalício deve ter me visto somente umas três vezes sem unha feita e olhe se foi muito isso.

Não que ele ligue… Natalício pouco se importa com isso, não gosta de maquiagem, detesta meu cabelo longo, prefere uma linha mais “in nature”

Eu já tinha lido, em algum canto, que essa nova coleção da colorama não saíria tão cedo e que as fotos tinham vazado na net. Semana passada minha cunhada chegou e me contou que tinha comprado um esmalte da nova coleção da colorama, nome MILITAR. Eu, na verdade, achei que era a coleção velha, já que essa não saiu ainda. De repente, uma colega de trabalho chega e me dá um esmalte dizendo que é da nova coleção. Tive que correr atrás das minhas fotos para descobrir que realmente se tratava de um esmalte da nova coleção. Sendo assim, essa “estória” de vazamento é lenda, talvez tenha sido estratégia de MARKETING.

Eu fui obrigada a tirar meu arco-íris para fazer um pequeno teste e vê se essa cor me agradava ou era muito parecido com o absinto. A coleção é composta pelas sete cores: Clássico, Jeans, Militar, Tapete Vermelho, Clubber, Hippie Chic e Rock (na mesma ordem da imagem).

A cor é linda e já pode ser considerado um substituto para o Khaki Vert da Chanel que ainda não foi nem lançado ainda.

Gerenciando como a Máfia (dica de leitura)

Se você procura um livro para administradores bem comportados, esse não é o livro. “Administrando como a Máfia” segue uma linha meio “O  Príncipe”, onde o importante é ganhar indepentende do meio.

Para mim, é uma ótima dica de leitura independente da sua maneira de agir.

Resenha:

Diferente de outros guias de administração, este livro evita a verborragia teórica e expõe a prática e orientação filosófica da liderança que fundou e dirigiu o ‘Império silencioso’ durante séculos de expansão e sucesso. E em vez de encarar esses planos de ação e conselhos preciosos como produtos da chamada ‘mente criminosa’, encara-os como o que realmente são – o reflexo de uma profunda compreensão da natureza humana.

Segue algumas frases do livro:

– Se não der para ganhar uma luta honesta, use golpes baixos ou mande outra pessoa lutar por você.
– Ensine a sua boca a pronunciar “não sei”.
– Se tiver que bater em alguém quando ficar zangado, cuidado para que esse alguém não seja você mesmo.
– É muito melhor que seus inimigos pensem que você é maluco do que o achem razoável e racional.
– A oportunidade faz o larápio: quem não tem a oportunidade de roubar se diz um homem honesto.
– Nada pesa menos que uma promessa.
– Se tiver de machucar alguém, faça-o tão brutalmente que não haja risco de uma vingança.
– Se permitir que seus inimigos – ou amigos – pensem que são iguais a você, eles imediatamente se sentirão superiores.
– Sempre tire a cobra do buraco com a mão de outra pessoa.
– Nunca faça um inimigo sem necessidade.
– É preferível que seu inimigo superestime a sua estupidez do que sua esperteza.
– Não tente mudar seus inimigos. Tente controlá-los. Saiba onde estão, o que pensam e em quem confiam.
– De vez em quando agüente um idiota; você pode descobrir algo de valor. Mas nunca discuta com ele.
– A única maneira de guardar um segredo é não falar nada.
– Em qualquer empreendimento, multiplique os aspectos negativos de suas perspectivas por dois. Divida os aspectos positivos pela metade.
– Quem ronca não dorme.
– Se tiver de mentir, seja breve.
– Abra a boca e a carteira com cautela.
– A melhor defesa contra os traidores é a traição.
– Algumas derrotas são melhores que a vitória; infelizmente, algumas vitórias são piores que as derrotas.
– Nenhum crédito vale tanto quanto o dinheiro vivo.
– Muitas vezes, perde-se a isca ao fisgar o peixe. É uma perda necessária.
– A melhor proteção é ficar fora do alcance do perigo.
– O homem que quer se enforcar, sempre pode ser conduzido a uma corda.
– Um chefe de gangue esperto, faz ele mesmo uma parte do trabalho sujo e se assegura de que seus soldados saibam disto.
– Se tiver de se curvar, curve-se muito, mas muito baixo. E guarde a lembrança amarga até poder se vingar.
– Estabeleça prioridades: se está cercado de jacarés, a primeira providência é drenar o pântano.
– Mil amigos não são o suficiente. Um inimigo o é. Não existe inimigo inofensivo.
– Se não puder vencer, faça com que a vitória de seu inimigo tenha um preço exorbitante.
– O peixe morre pela boca.
– Quando você aceita o meio-termo, você perde. Quando você parece ter aceito o meio-termo, dá um passo para a vitória.
– Aço ruim não dá bom fio.
– Quando se zangar, feche a boca e abra os olhos.
– Águias não caçam moscas.
– Ao patinar em gelo fino, passe rapidamente.
– Nenhum homem dá tanta importância às virtudes quanto às mulheres.
– Dinheiro é sempre bem vindo, mesmo que seja numa sacola suja.
– Se você não perceber o truque na primeira meia hora de jogo, desista.
– A freira fugitiva sempre fala mal do convento.
– Um punhado de sorte vale mais do que uma tonelada de sabedoria.
– Tudo o que vai, volta – mas nunca a tempo.
– Lobos perdem os dentes, mas não o instinto.
– De cada quinze que elogiam, pelo menos quatorze mentem.
– Lide com os fatos de uma situação ruim como se fosse pior do que o são. Não tente lidar com os fatos de uma situação boa.
– Mulher, vento e sorte mudam rapidamente.
– Sempre se tem o suficiente – suficiente para guardar, para recompensar, para ser roubado – se antes se abocanhou tudo.
– Acredite no homem, não no juramento.
– Mais virgindades já se perderam pela curiosidade do que pelo amor.
– Sentimento é coisa de imbecil.
– Só se conhece o soldado quando ele vira tenente.
– Quando tiver de cortar, convença a vítima de que você é um cirurgião.
– O capo conta parte de seu plano para um, parte para outro, tudo para ninguém.
– Para acabar logo, vá com calma.
– Todo botão tem um terno no armário.
– A sorte sorri e depois trai.
– A mulher de um homem descuidado é quase viúva.
– Muito depois de os outros pecados terem envelhecidos, a avareza continua jovem.
– Se você é a bigorna, seja paciente; se é o martelo, bata.
– A escolha errada, muitas vezes, parece a mais razoável.
– A sorte está do lado dos fortes.
– O silêncio não comete erros.
– Na paz, esteja preparado para a guerra.
– Deixe seu adversário falar. Quando ele acabar, deixe que ele fale um pouco mais.
– Não ensine aos seus soldados todos os seus truques, ou você pode se tornar vítima de si mesmo.
– Em casa fria, procure um corpo quente.
– Para enganar um inimigo, finja que o teme.
– Depois da guerra, muitos heróis se apresentam.
– Dissabores sempre entram pela porta que lhes foi aberta.
– Depois da vitória, afie a faca.
– Quem nunca sai à rua, não conhece o pedaço.
– Se os outros passam toda a vez que você tem uma boa mão, é porque lêem sua expressão.
– Quem bate primeiro, bate por último.
– Vitórias são temporárias, derrotas também.
– Trate estranhos como amigos. Confie neles como num estranho.
– Muitas divergências podem ser resolvidas entre lençóis.

Hits Speciallité

Você sempre tem a impressão de que em João Pessoa as coisas chegam depois, quando vê todo mundo cheio de coisas maravilhosas nas unhas e você boiando sem nada. Então, vocês imaginam minha surpresa ao chegar na Loja Missiana e encontrar todas as cores de esmalte que eu estava procurando? E ainda escutar da proprietária que ela lia meu blog. :o. Fiquei, definitivamente, sem palavras.

Continuar lendo

Casamento do meu cunhado Nay

 

“Casamento é uma festa de detalhes” e por isso é tão importante a participação de uma cerimonialista, alguém que faça o possível para sua noite ser sua. Dia 25 foi o casamento do meu cunhado e eu nunca tinha ido a um casamento tão perfeito, tão cheio de detalhes, tão bem organizado.  Foi surpreendente.

Era um casamento igual a todos os outros, quando de repente entrou meu cunhado e caiu a ficha… Meu cunhado estava casando.  Sem palavras! 

A ideia foi sair da formalidade, meu cunhado agradeceu a presença dos convidados antes de tudo, não houve cantigos de igreja. Foi perfeito. Vou ver se a agora minha cunhada (kkk, pois virou irmã do meu noivo perante o Deus) tem fotos de todos os detalhes.