Caverna do Dragão

canetas

Eu sempre gostei de formar casais – A DO RO! E para a mim a Sheila, minha personagem favorita, deveria acabar com o Hank e o Erick com a Diana. 😀 Agora, estou acrescentando uma tag no blog “NERD”, com coisas nerds que eu adoro.

Você não precisa ter nascido na década de 80, a “TV GLOBINHO” está reprisando, o que deve ter sido uns dos desenhos mais reprisados da televisão Brasileira – CAVERNA DO DRAGÃO. Quem nunca assistiu as aventuras de Hank, Sheila, Bob, Erick, Presto e Diana.

E se você gosta ou gostou da série deve ser mais um frustrado com a ausência de final da série. Eles voltaram? Quer algo mais chato do que quase 20 anos assistindo um desenho sem final? É imaginar que eles vivem “lupe dentro de um mundo e cheios de esperança de voltar ao parque de diversão de onde sairam um dia.

Continuar lendo

Anúncios

Artistas mirim

Eu adoro quadros “por onde anda…” que mostra artistas mirins em versões adultas. Alguns crescem e ficam lindinhos outros…Melhor que tivessem ficado criança, vamos a lista?
Macaulay Culikin - Esqueceram de mim 1 e 2

Macaulay Culikin, fez o Nicke - Esqueceram de mim 1 e 2

Michael Oliver - O pestinha

Michael Oliver, fez o Júnior - O pestinha

Ivyann Schwan - O pestinha 2

Ivyann Schwan, fez a Tryx - O pestinha 2

Ana Chlumsky, fez a Vada - Meu primeiro amor 1 e 2

Ana Chlumsky, fez a Vada - Meu primeiro amor 1 e 2

Christina Ricci, fez a Vandinha - Família Addams

Christina Ricci, fez a Vandinha - Família Addams

Travis Tadford, fez o Batatinha - Os Batutinhas

Travis Tadford, fez o Batatinha - Os Batutinhas

Brandon Bughall, fez o Alfafa - Os Batutinhas

Brandon Bughall, fez o Alfafa - Os Batutinhas

Brittany Ashton, fez a Darla - Os Batutinhas

Brittany Ashton, fez a Darla - Os Batutinhas

Henry Thomas, fez o Eliot - E.T. O extraterrestre

Henry Thomas, fez o Eliot - E.T. O extraterrestre

Alex Vincent, fez o Andy - Brinquedo Assassino

Alex Vincent, fez o Andy - Brinquedo Assassino

Haley Joel Osment, fez Cole Sear - O sexto sentido

Haley Joel Osment, fez Cole Sear - O sexto sentido

Daveigh Chase, fez Samara Morgan - O chamado 1 e 2

Daveigh Chase, fez Samara Morgan - O chamado 1 e 2

Pois é… O tempo passa para todos!

Você sente saudade?

Muitas pessoas me escrevem perguntando onde comprar esses brinquedos antigos que marcaram sua infância e eu acabo mandando o e-mail de um rapaz chamado Alexssandro que disse ter alguma dessas coisinhas que morremos de saudade. Mas hoje eu lembrei outro lugar que você pode comprar: Mercado Livre e E-bay. O e-bay tem mais variedades, no entanto, você compra em dólar e o frete é mais caro.  De qualquer forma, fiz uma lista de coisinhas que eu morro de saudades afim de deixá-los com vontade e quem sabe passar a minha, né?

1. LIQUIDIFICADOR ESTRELA: Vocês lembram? Ele funcionava de verdade e a propaganda, tenho uma vaga lembrança, era bem bonita. Se não me engano minha amiga Lílian tinha um. A Taffy está vendendo e custa R$40,00 (sem frete)

Liquidificador

2. Baby da família dinossauro(para meninos e meninas) Minha amiga Steffany tinha e eu ficava abraçada com ele um tempão, mas, sinceramente, eu não queria ser mãe de um dinossauro. Nem a pau! No entanto, ele era muito fofinho e eu gostava de abraçá-lo. R$25,00, barato, né? Só que tem um mínimo por frete, informe-se por quanto.

BabySauro

3. Mum-Ra: (para meninos) Quem não lembra dos ThunderCats? Lion, Cheetara… e sua turma! Pois esse é arqui-inimigo deles, o MUM-RA! R$ 45,00

MumRa

4. MacDonalds: (para meninas) Esse eu não lembro, mas tenho certeza que gostaria de tê-lo. Já pensou, minha Barbie vendendo MacDonalds. Nossa, muito legal! E ele é cheio de detalhes, de besteirinhas, muito fofo. R$75,00

McStand

5. Coisas da Moranguinho:  (Para meninas) Você lembra da “Confeitaria da Moranguinho” (R$100,00), do “Balanço da Moranguinho” e da própria “moranguinho Noivinha” (R$50,00), essa num estilo festa. Pois é você pode comprá-los também. O balanço da moranguinho você encontra novinho nas AMERICANAS, pois é, relançaram!

Custa R$100,00 - completa

CONFEITARIA DA MORANGUINHO,R$100,00 - completa

Balancinho da Moranguinho, R$85,00

Balancinho da Moranguinho, R$85,00

Moranguinho noivinha, R$50,00

Moranguinho noivinha, R$50,00

6. Pense bem: (para meninos e meninas)No tempo que computador era um artigo de luxo/futurista quem tinha dinheiro possuia um “pense bem”, acho que o tio-avô daqueles notebook da barbie, da xuxa…, hahahaha. Pois é, se você não teve no passado e sua criança interior está pedindo para jogar aqueles joguinhos bobos, agora é hora! Realize seu sonho de criança! R$65,00

PenseBem

7. Bonecos Loucademia de Polícia: (para meninos) Vocês lembram desse filme? HaHaHaHa, de vez enquando eles ainda repetem na GLOBO, mas está cada vez mais difícil. Vocês brincaram com isso? Eu não! Embora, tenha brincado com muita coisa de menino essa não é uma delas. R$60,00Loucademia

8.Furgão da barbie: (para meninas), que coisa linda! Ainda está funcionando cheio de detalhes e EU QUERO! É muito, muito, muito fofo, já posso vê minhas barbies passeando por João Pessoa no seu Trailler e… Bem, enfim, é a coisa mais fofa do mundo. R$200,00.

MotorHome3

MotorHome91MotorHome8

9.Sapo Chulé (minha amiga tá gritando aqui dizendo que o nome é Wosly, alguém conhece com esse nome?): (para Meninos e Meninas), o vendedor ainda tem um e eu achava legal cherar o chulezinho dele. Hoje a criançada tem uma coisa semelhante, são bonecos lacrados que vem com cheiro sortido, compra-se na HI-HAPPY, são bem estranhos tem cheiro de chulé, vômito, sangue, pum… Essas coisas, mas esse é mais legal!  R$35,00

sapo chulé

10.Cavaleiro dos Zoodiacos: (para meninos… Mas tinha menina que gostava <- lê-se EU) Quem na década de 90 não era fã dos cavaleiros dos zoodiacos? Que não ficou revoltado quando a MANCHETE acabou e levou os cavaleiros dos zoodiacos junto? Acho que vou comprar os DVDs para assistir… Achei diversos bonecos para quem quiser recomeçar uma coleção, alguns no lance livre e outros com preço fixo: Hagen Merak (R$119,00), Mu de Aires (R$149,00), Poseidon acompanha trono e roupa (R$339,00) Saint Seyah (R$189,00), Shaka de Virgem (R$109,00), pode comprar a miniatura dos seus personagens favoritos (R$29,90), Cavaleiro de Peixes (R$60,00),Cavaleiro deo Libra (R$60,00)…

Hagen Merak (R$199,00)

Hagen Merak (R$199,00)

Mu de AIRES

Mu de AIRES

Poseidon no trono

Poseidon no trono

Poseidon (o mesmo da foto acima)

Poseidon (o mesmo da foto acima)

Seyah de Pegasus

Seyah de Pegasus

Seyah de Pegasus 2

Seyah de Pegasus 2

Shaka de Virgem

Shaka de Virgem

Miniatura cdz

Miniatura cdz

Cavaleiro de Peixes

Cavaleiro de Peixes

Cavaleiro de Libra

Cavaleiro de Libra

Gente, estou preparando mais alguns posts sobre brinquedos que podemos encontrar no “mercado livre”, ainda pretendo embarcar no E-bay, mas só depois de ter esgotado e mercado Livre. Se vocês encontraram algum brinquedo que deve estar nessa minha listinha, por favor, indiquem! Vocês também ajudam a fazer esse blog.

Anos Incríveis

wonder years “Crescer é algo muito rápido. Um dia você usa fraldas e no outro vai embora. Mas as memórias da infância permanecem com você. Lembro-me de um lugar, na cidade, uma casa como várias outras casas, um quintal como vários outros quintais, em uma rua como várias outras ruas. E o fato é que, após todos esses anos, eu olho para trás e penso: FORAM ANOS INCRÍVEIS”

Essas são as últimas falas da série Anos Incríveis – The Wonder Years (1988-1993). Há um tempo atrás reprisava no Multi Show, mas agora você só pode assistir (no Brasil) pela TV CULTURA (acho!). Quem quiser pode se aventurar procurando os BOX da série.

Vocês já se perguntaram por onde anda todos os atores da série? A coluna sobre casamento de hoje é sobre isso, alguns deles casaram.

Fred Savage casou em agosto de 2004 com Jéssica Stone e hoje tem 2 filhos com ela.

anos-incriveis03-719660

anos-incriveis01-795585

anos-incriveis02-796830

A Danica que interpretava a Winnie casou em 27/03 desse ano com o compositor Mike Verta, ela noivou em agosto do ano passado e sua irmã Crystal foi uma das madrinhas. A cerimônia foi simples, apenas 150 convidados.

0,,19717063-GDV,00-705299

Os dois vestidos são “tomara-que-caia”, a diferença é que o segundo, o da Danica, ela colocou duas alças para dá sustentabilidade. Uma boa opção para você que está sonhando com um tomara-que-caia, mas tem medo da sustentatibilidade ou de ter que ficar de cinco em cinco minutos subindo o vestido. Pense nisso!

Barbie

A Barbie é uma boneca bem velhinha foi produzida em 1938, mas só foi lançada em 1956. São 52 anos fazendo a cabeça de várias gerações, você brincou com elas, sua mãe brincou com elas e, com certeza, sua filha brincará com ela. A boneca loira com o tempo foi alisando o cabelo, aumentando os seios, diminuindo a cintura e articulando mais os membros.

Barbie Roqueira

Barbie Roqueira

Ela já foi roqueira, bailarina, noiva, aeromoça, princesa, médica, veterinária, atriz, modelo, surfista, empresária, já se vestiu como primeira dama americaca, hippie, já homenageou casais famosos como os do filme “Nos Embalos de Sábado a Noite”, Elvis e sua esposa, já foi patriota, de roupa militar da revolução americana do século 18 ou uma melindrosa de luxo dos anos 20, fez uma homegem a Elizaveth Turner de Piratas do Caribe e a Scarllet O´hara de “e o vento levou”. E acreditem o hall de coisas que essa moça já fez não para por ai. Não me perguntem quantos modelitos, mas a Barbie já foi tudo.

Agora, seu apelo de mercado vem do lançamento simultâneo da boneca e um filme.

O momento recordar é viver de hoje, gostaria de falar da Barbie… Para mim, ela é a própria mulher moderna, não envelhece, já quis fazer tudo e ainda teve coragem de desmanchar o namoro de 43 anos para ficar com surfista australiano, dá para acreditar?

Eu brinquei muito de Barbie, com 16 anos ainda ganhava Barboe de aniversário. Adorava, passava o domingo em casa brincande de casinha, curtindo as Barbies. Quando ia na Americana, ficava olhando e imaginando qual eu ia comprar.

Ainda tenho muita coisa para falar sobre a boneca, mas no  momento pretendo postar apenas algumas curiosidades e deixar uma reportagem com um comentário depois.

Curiosidades

  • O nome Barbie foi dado em homenagem à filha do casal que se chama Barbara e seu apelido era Barbie.O nome completo dela é Barbara Millicent Roberts.
  • A idéia de uma boneca com feição adulta, segundo Ruth, era inspirado no fato de que quando criança, você sempre quer crescer e se tornar uma mulher adulta.
  • Barbie tem seis irmãos: Skipper (1964), Tutti (1966), Todd (1966), Stacie (1992), Kelly (1995) e Krissy (1999).
  • Em seu lançamento, em 1959, ela vestia uma roupa bem simples – um maiô listrado branco e preto.
  • Ken surgiu em 1961, dois anos depois dela.
  • As primeiras Barbies negras e hispânicas foram lançadas em 1980.
  • Em 2002, a Barbie deixou sua marca na calçada da Fama, em Hollywood, ao lado das celebridades como Marilyn Monroe e Charles Chaplin.
  • Em Julho de 2007, a Mattel lança a nova geração de BARBIE, que é uma mistura de boneca virtual com tocador de MP3.
  • A cada segundo, duas bonecas Barbie são vendidas em algum lugar do mundo.
  • Ela é vendida em mais de 150 países.
  • As primeiras bonecas custavam 3 dólares; hoje uma Barbie pode custar 10 mil dólares.
  • Na lista de estilistas que já fizeram modelos sob medida para ela estão Christian Dior, Givenchi e até brasileiros como Walter Rodrigues e Lino Villaventura.
  • A boneca é fabricada na china.

Comerciais

Esse foi o primeiro – 1959

Comercial muito bonito

No ano que lançaram o Ken – 1961

Essa foi do ano que eu nasci – 1984

O Ken foi inspirado no Jon Bonjovi

Infância 90 (parte 1)

Você vê quando está ficando velho quando no seu momento “recordar é viver” você pensa: “Aquilo que eram tempos…” ou “Bons tempos eram aqueles”.

Eu tive muita sorte de crescer cercada de primos, amigos e irmãos, de passar as férias com os pés no chão, o dia inteiro sem tomar banho e brincando de tudo que eu tinha direito. Ainda não havia essa histeria de violência como há hoje. Os vizinhos cuidavam um dos outros e tive prazer de conhecer quase todas as crianças do bairro pelo nome.

No terraço da minha casa não faltava brinquedo, criança, sujeira marca de mão. Foram 18 anos num bairro na zona Sul da João Pessoa – Água Fria – um bairro simples, fechado com poucos moradores. Graças a esse bairro e as pessoas que nele moravam ganhei uma infância rica, algo inestimável. Minha infância foi cheia de mitos, brinquedos, moda, aventuras, histórias, causos e descobertas. Poucos tiveram infância como a minha. Uma infância pura e livre. E por isso sou um pouco nostálgica e, principalmente, feliz.

Brinquei de dono da rua, esconde-esconde, pega-pega, pega-gelo, barra-bandeira, polícia e ladrão, academia, garrafão, pega vareta, mal-mal, jogo da vida, banco imobiliário, patins (no espaço cultural), pense bem, gênio… Assisti Os Trapalhões, TV Colosso, Porta dos Desesperados, Chaves e Chapolin, Caverna do Dragão, O fantástico mundo de Bobby, Cavalo de Fogo, Capitão Planeta, He-man, She-ha, Ursinhos Gummys, Xou da Xuxa, Carrossel (quem não sofreu com Cirilo?), Chiquititas, Cavaleiros dos Zodíacos… Quando Ana Luiza colocou TV a cabo em casa, assistíamos a tarde o castelo RA-TI-BUM, especialmente, GLUB-GLUB. Me irritei com o “GLU-GLU” do Sério Malandro, com a porta dos desesperados e sempre ia almoçar com a memorável cena do cozinheiro batendo a panela e gritando “Atencion, tá na hora de matarra a fomeeee, tá na mesa pessoal!” e a cachorrada vinha correndo, louca, atrás da comida. Nossa, como foi boa minha infância!

Sempre haviam aniversários e lembro, perfeitamente, que íamos chamar o pessoal de casa em casa para começar a festa. A maioria da festa, quando não possuíam tema, tinham tema simples como palhaço boneca… Os pais deixavam as crianças e elas se divertiam no terraço. Nas férias estávamos sempre juntos na casa de alguém. Mas, nos dias comuns reuníamos-nos a noite, depois do jantar, em frente a casa de Henrique, onde tirávamos “zerinho ou um” e planejávamos a brincadeira do dia. Éramos modista, alguém trazia da escola ou da rua do lado e todos estávamos brincando, era assim que as brincadeiras entravam em nosso universo. Brincávamos disso durante um mês, os mais novos eram café-com-leite, sempre havia aqueles atletas ou os mais velhos arrasavam com todos, mas, de repente não mais que de repente, essa brincadeira sumia, estava fora de moda. E a noite acabava quando o pai ou a mãe saía no portão e gritava o nome, depois disso gerava uma reação em cadeia cada pai começava a sair e chamar o filho. Claro, protestávamos… Mas de nada adiantava! Éramos crianças e alguns de nós estudava pela manhã.

E os objetos? Nos anos 90 houve uma enxurrada de objetos “made in…algum canto” e graças aos baixos preços, aos aniversários e amigo-secreto sempre tínhamos algo diferente para mostrar aos amigos. Eram objetos incríveis! Bolsa-relógio, relógio de algum herói, estojo com botões, walk-talking, monstro que fazia autopsia (esse Henrique tinha), caneta com cores…

Era tanta coisa! E de boa qualidade, devo acrescentar. Ainda não havia esses produtos “chineses-do-raio-que-o-parta” , eram produtos da estrela, grow… Que se fosse preciso poderia mandar consertar que valeria a pena. E até hoje fazem sucesso, algum dos objetos que estão sendo lançados para as crianças de hoje, são na verdade, “relançamento”. Sim, eu vivi um década de inesgotável criatividade por parte dos inventores.

Lá no Água Fria, todos os anos, havia uma palhoça, onde faziam desfiles, quadrilhas (eu ganhei a garota mais animada) e gincana. E isso era o ponto alto das férias, haviam ensaios, times e muita diversão. Parece que foi ontem, ainda consigo vê Júnior de Emília, eu com a roupa de cigana , Rodrigo narrando a quadrilha e todos dançando. O bairro todo se reunia naquele “campinho” para vê a festa.Lembro-me que organizávamos assustados, onde colocávamos discos bem alto e dançávamos no terraço de casa. No inicio era show da xuxa, mas teve Beto Barbosa, Chiquititas, Tiririca, Mamonas Assassinas, É o Tchan…Então, eu vou vê se abro um espaço no blog para falar da minha infância. De vez em quando deixar uma história, ou colocar algo sobre esses programas.

MATERIAL ESCOLAR:

Voltar as aulas é muito bom, né? Principalmente quando se é criança e é MELHOR AINDA!!! Eu adorava pegar a lista e ir com minha mãe na LIVRARIA LEGAL comprar todas essas coisas MA RA VI LHO SAS. Acho que minha mãe não gostava muito, pois acabava sempre comprando muito mais do que devia. Mas eu era criança, volúvel e louca por MATERIAL ESCOLAR. 

Chaveiro Musical

Chaveiro Musical

Embora eu não lembre se ele enlouquecia ou não os professores na sala de aula, acho que não. Eu tive! Eu Ramon e Rodrigo, desse mesmo jeitnho… Tinha vários sons bobinhos como metralhadora, ambulância, queda essas coisinhas bobinhas, mesmo
“Com as canetinhas Playcolor, é um prazer, a gente pintar. O colorido fica sempre tão bonito! O arco-íris com inveja vai ficar! Com as canetinhas Playcolor você vai descobrir, colorir com alegria e descolorir!”
Era o máximo! Eu nunca tive, mas quem tele pode confirmar, era o máximo! Tinha uma canetinha branca que servia para apagar as coisinhas, muito massa! E você poderia colocar um monte de detalhe branco se quisesse no desenho. Pena que aos poucos as canetas coloridas sujavam a branca e ela perdia a mágia. Meu irmão está comentando que deixou de ser feito porquê era tóxico, será?
s Playcolor
Toque Mágico

Toque Mágico

Quando minha mãe chegou com essa tecnologia inovadora “toque mágico”, ela simplesmente disse: “É para apagar” e eu achei que era um substito da borracha. Lembro que fiquei dias usando para apagar caneta grafite e adorando, quando era mais prático (principalmente quando você faz 3ª série) usar borracha.

Mochila Company

Mochila Company

Quem não tinha?! Eu tinha uma e acho que quem não tinha tinha uma da Oxigênio, ou coisa assim. Todo mundo tinha uma! A minha era verde e a de Ramon azul, ou era o contrário.

 Caneta de 20 Cores
Caneta de 20 Cores

Cada cor um cheiro e eram tantas cores… Tinham marcas da Angélica, SérGIO Malandro e tinham cores inúteis como verde-lomão e outras que nunca mais verei. Nailinha, minha cunhada, possui uma.

Clips

Clips

Esse clip foi uma febre. Usávamos para prender papel, fazer colar, pulseira, brinco… Vinham dentro de uma maçã que cabia 15 a 30, havia umas coisas maiores com 100. Era muito divertido. Sobre a parte de vestir aposto que vocês estão morrendo de rir, mas fomos uma geração estranha.

Estojo Automático

Estojo Automático

Estojo com Botões Rosa

Estojo com Botões Rosa

Estojo com botões… Uau! Eu lembro, eu tive um rosa. E não cabia muito lápis, os modernos vinham com porta livro, como esse… Havia compartimento para tudo, borracha, lápis, clips, régua, cola, lupa… Era o máximo. Por que não fazem mais? Ramon está comentando aqui que não cabia quase nada, então, éramos “obrigados” a carregar dois estojos dentro da bosa. Mas tínhamos um estojo automático para não entrarmos na ralé da primeira série.

Caneta Bic Quatro cores

Caneta Bic Quatro cores

Lápis que troca a ponta

Lápis que troca a ponta

Régua com água dentro

Régua com água dentro

Lapiseira de coração

Lapiseira de coração

Haviam esses tesouros dentro do estojo.

Esse post é dedicado a Natalício porque ele me inspirou para escrever esse texto e também porque eu o amo muito. Aos meus pais, meus irmãos, primos e aos amigos do Água Fria, minha infância não seria tão rica sem vocês…