Sthefany Brito separou do Pato

Como falei do casamento me senti obrigada a falar da separação

Mais um casamento relâmpago dá o que falar nas revistas/sites de fofoca. Sthefany Brito e o jogador Alexandre Pato separaram-se após 9 meses e 13 dias de casamento. Segundo sites do gênero, a atriz não aguentava mais as noitadas de Pato e Ronaldinho Gaucho (isso explicava aquela má fase) nos bares de Milão. Ainda segundo o site a atriz deixou de fazer o papel de Cecília Dassy na novela das oito para acompanhar seu marido na Itália.

O casamento do casal ocorreu no dia 07/07/09, em uma festa avaliada em R$1 milhão, numa cerimônia que mais parecia um conto de fadas, com direito até a entrevista para o Fantástico, e como ninguém é de ferro Brito decidiu dá um chega-pra-lá nas escapadas do Pato.

Ao final do casamento Sthefany sai sem nada, pois assinou um contrato pré-nupcial aceitando que se houvesse separação o dinheiro do Pato não pararia em seus bolsos. Não gosto dessas coisas, de arrancar dinheiro do marido, até como forma de vingança. Siga em frente! E acho que a Sthefany ainda vai brilhar muito e não precisa fazer de sua separação uma forma de enriquecer. Ela tem seus próprios meios e ainda vai longe. Boa sorte.

De qualquer forma a Sthefany já está avisada e dá próxima vez vai tentar com outro animal, pois tentar enfiar aliança nos dedos do Pato tá difícil.

Anúncios

Corinthias e Internacional

Meninas, eu sei, vocês não querem ler sobre futebol. Querem saber do Rob, ouvir sobre casamento, moda, crepúsculo… Mas é que de um tempo para cá o futebol está tão presente em minha vida que não tem como não deixar de comentar.

timao-timao

“Deixe eu abrir meu coração…” Confesso, achava feio mulher e futebol. Achava que não era terreno de mulher e mulher que gostava de futebol estava procurando homem ou acompanhando homem (me encaixo no segundo). Só que é possível gostar de futebol e futebol é tão interessante e tático quanto vôlei, basquete, atletismo ou ginástica olímpica (esportes que adoro!). Também há no futebol histórias de superação, são pessoas treinando até o esgotamento, fazendo das tripas coração para ser o melhor, para ser campeão. Quando você olha nesse ângulo pensa ADORO FUTEBOL, TAMBÉM!!!! Confesso, Natalício que trouxe essa paixão, mas alguém tinha que trazê-la, né? Confesso, também, ainda não faço ideia do que é impedimento. Tem algo haver com o jogador passar uma linda… A qual não sei, não entendo e prometo, um dia entenderei.

Ontem foi o primeiro jogo da final do brasileirão – Corinthias X Internacional.  E teve gol de Ronaldo, jogador do Inter expulso e sangue. O bom é que o Corinthias não deixou que o Internacional fizesse gol, pois gol na casa do adversário vale dois pontos. E no próximo, daqui a 15 dias, na casa do Internacional, o Corintgia já abre com dois pontos de vantagens e cada gol dele vale 2 pontos. Ou seja, o Inter só ganha se tiver, por enquanto, três gols de vantagem.