Xícara de café

 

Para mim, não há nada mais gostoso do que “convidar para tomar uma xícara de café“. Ao passar o café seu aroma invade a casa e as narinas da visita, é como se você abrisse os braços e o convidasse para entrar. Sua casa torna-se um quente e acolhedor lugar. Você é bem-vindo esse cheiro diz, é tão gostoso que eu não sei como ainda não inventaram o bom-ar café. 

Então, após o cheiro invadiar a casa, você chega com a bandeja, xícaras, colherinhas, açúcar e o café. Não há visita que não demore mais um pouco aos er acolhida com uma delicioasa e quentinha xícara de café. Quer uma forma melhor do que tornar sua casa parecida com a casa da sua mãe/sogra?  

 

Apaixonar-se

Estar apaixonado não é algo simples, precisa de coragem.
Apaixonar-se é deposita parte de sua felicidade aos pés de outro.
É arriscar! Apostar em sorrisos, carinhos e torcer que sua intuição esteja certa. Algumas vezes não estará e o cavalo que você apostará cairá antes de chegar a linha de chegada, mas valeu a tentativa. Nesse momento você sentirá o sabor de desamor, sentirá o amargar da desilusão. Mas, apaixonar-se também requer esperança. Requer perseverença! Coragem de seguir em frentem, de arriscar-se novamente, quem sabe da próxima vez?
Gostaria que algum casal feliz me dissesse qual o grau de segurança em relação ao sentimentos do outro. Não acho que eu seja anormal pela insegurança, acho que a insegurança me faz normal.

Apaixonar-se é atirar pedras em uma janela desconhecida e torcer que quem abra seja especial. Por que não podemos ficar inseguros diante da janela desconhecida? E se um Ogro abrir? E se um Ogro em pele de príncipe abrir? E se o Príncipe tornar-se um Ogro? E se… Fecharem a janela? Não sei o que é pior.
Apaixonar-se é despir-se de medo. É subir num vale e jogar-se, se for correspondido alguém aparará sua queda, caso não. Deus lhe pague!  Pague a dedicação, pague o apego, pague a frustração, pague a infelicidade… Mas tudo na vida é experiência.
Costumo me descrever como uma pessoa que faz tudo por amor, nenhuma frase descreve melhor minha capacidade como essa “a medida de amar é amar sem medida. Velocidade máxima permitida”. Eu não amo pela metade… Eu não sei viver meio amor, sei vivê-lo todo. As pessoas que amo sabem que serão amadas até quando hover amor, pois faço questão de dizer.

Continuar lendo

enxoval

Novo layout! Adoro enfeitar a casa para o natal 😉

Vocês estão ai? As vezes dá aquela vontadezinha de escrever aqui, ai fico planejando exatamente sobre o que quero falar: Eu?! Relacionamento?! Vida?! Compras?! Sonhos?! Filmes?! Tristezas?! Eu tenho tudo isso para contar.

Continuar lendo

Amor animal

Todo mundo tem um parente meio NERD, estilo professor pardal que constroi e destrui tudo. Lá em casa achávamos que essa pessoa seria Ramon, ele vivia desmontando as coisas.  Na família do meu pai temos me tio Dindim que faz de tudo. Ele fez essa casinha para o papagaio dele, tem ar condicionado central e tudo. Quer prova maior de um amor animal?

brasil 2009 081

Continuar lendo

Marketing – propaganda

Quando mais nova li um paradidático chamado “Uma rosa no ano 2014”, livro de “ficção futurista” que contava a tragetória da última semente num mundo totalmente mecanizado e toda a esperança depositada nela. 

Vocês se lembram dos Jetsons e o seu futuro no ano 2000? Cidade suspensas, carros voadores, todo tipo de aparelho eletro-doméstico e enterenimento, roupas com cores e formas estranhas, trabalho automatizado, robôs criados e etc.

Então, o futuro chegou e ele é exatamento como você esperava? Você não anda em esteiras automáticas, não há robôs criados ou eletro-doméstico- faz-tudo mas pratica algum tipo de exercício? Observa a natureza? Come algo que não seja conservado, enlatado, processado e adtivado?

A vida anda tão ligada no piloto-automático que o cotidiano já não passa pelos nossos olhos. E as vezes quando tiramos as amarras percebe-se que há uma vida lá fora, há algo além da Matrix 😉 . E como diria Rubem Braga ” é por causa de tudo isso que um homem simples às vezes leva um choque quando repara em alguma coisa simples” , as vezes, a vida nos deixa envolver.

O design japonês, Naoko Fukasawa, criou a embalagem de três sucos – banana, coco e morango, imitando a casca das frutas. Ficou muito original e mostra exatamente essa ideia que eu vinha falando para vocês.

banana

coco

morango

Os comerciais, abaixo, são uma crítica a vida moderna, ao afastamento do homem e  a natureza.

Eu estava me perguntando “por que KUAT EKO?’, se teria algo haver com conceitos de sustentabilidade ou algo do tipo. Pelo que pude vê no site não há nada falando sobre isso. Simplesmente, é um título. Não acho correto, para mim, é um marketing falso. De qualquer forma, vou mandar um e-mail para a COCA-COLA pedindo algum exclarecimento.

Jogo da Seleção em Recife

P6090001

Natalício, meu namorado, tem o costume de me pedir para falar não o quão somos felizes no blog. Ele acredita que felicidade não se expõe pois pode atrapalhar, ser alvo de inveja ou qualquer coisa assim.

Eu penso, é meu blog e eu tenho todo o direito de ser feliz nele. Concordam? Por isso, gosto de falar dos meud ais felizes e agradecer. Eu tenho esse hábito, todos os dias felizes agradeço ao Pai por merecê-los. Obrigada!

P6090004

Onde vocês assistiram o jogo Brasil X Paraguai? Eu assisti lá em Recife a mais ou menos 200 metros (acho!) da seleção brasileira. Sim, eu estava lá! Vendo o Brasil detonar o Paraguai, gritando quando aquele gordo paraguaio – Salvador Cabañas – fez um gol, mas vibrando com as arrancadas de Lúcio, gritando com as Kakazetis – vai Kaká! – e perguntando coisas a Natalício na hora mais inoportuna. Muito engraçado, uma hora eu estava gritando “Vai Kaká!” e Natalício disse: “Esse é Nilmar!”, kkk. Que mico!

P6090033

Para variar, paguei um micão! Mas valeu a pena, ninguém estava mais feliz naquele estádio do que eu 🙂 . Eu estava realizada! Foi o melhor presente que já ganhei na vida. Na verdade, Natalício sempre me dá presentes que me fazem parecer uma matuta, dessa vez não foi diferente. Gente, se vocês, um dia, tiverem a oportunidade de assistir a algum jogo num estádio não percam, é uma experiência única. Você faz parte daquilo tudo, é incrível.

É monstruoso, 55 mil de pessoas gritando, fazendo Olé, cantando, xingando juiz… O tempo voa, de repente, já acabou, se você piscar perdeu… Mas é gostoso, quando a gente gritava, sentia que os jogadores jogavam melhor, via que atrapalhava os jogadores do Paraguai. Foi incrível! Poderia passar o resto da vida só falando, falando e falando. Porque foi incrível!  E é tão rápido…

P6090018

 

P.S. Dia 10 foi nosso “dia dos namorados”, enquanto todo mundo vai comemorar dia 12, nós adiantamos alguns dias. Essa camisa azul fui eu que dei para ele 🙂

Como pedir sua namorada em noivado

Já que mês está no final e o próximo é o dos namorados, eu quero terminar o mês das noivas com uma dica completa de como pedir sua namorada em noivado, por Natalício Evangelista. A partir da semana que vem falarei de presentes de namorados, como surpreender e simpatias, porque quem está sem quer entrar no grupo do com, né? Beijos

 

Antigamente noivar era algo sério. O rapaz só pedia a sua namorada emnoivado_zorate noivado depois de muito tempo de namoro, e realmente quando tinha a intenção de noivar. O noivado era um ato solene, regrado de formalidades.

Estamos em novos tempos, o noivado não é mais algo tão sério. O BLOG (OU ESSE  BLOG)  buscou informações, e fez um “mix” de idéias novas e antigas, para mostrar aos leitores a melhor forma de pedir a namorada em noivado.

A primeira coisa a ser feita é sondar sua namorada, saber se ela realmente quer noivar com você. Não adianta pedi-la em noivado, quando o namoro não atravessa um bom momento. Digamos que seu namoro esteja ótimo, e que sua namorada inicie frases com “quando a gente casar…”, este é o momento certo de preparar o noivado. É preciso saber o tamanho da aliança que você irá comprar para ela. Se você já tiver dado um anel de compromisso, está fácil. Senão, seja criativo e invente uma forma de descobrir o tamanho, sem que ela perceba. Sabendo o tamanho correto, o próximo passo é comprar as alianças. Escolha um modelo bonito (se tiver dinheiro pra isso) porque é algo que dura à vida inteira. Não esqueça de gravar os nomes nas alianças, algo importantíssimo.

Alianças compradas, nomes gravados, é hora das formalidades. Primeiramente marque um jantar num restaurante chique com sua namorada. Para que ela não desconfie, a leve para um jantar desse tipo pelo menos umas duas vezes por ano. No dia do jantar com ela, ligue para o seu sogro e diga que precisa ir à sua casa, para conversarem sobre algo. Horas antes do jantar, vá à casa do seu sogro,(quando a noiva não estiver) e diga o quanto gosta da filha dele e que quer casar com ela. Essa é a hora de pedir a mão da noiva. Mas claro que você não quer só a mão, quer a noiva todinha, até porque só a mão não serve pra nada (kkk). A não ser que você seja um mau caráter ou vagabundo, o sogrão vai concordar com o seu pedido. Se ele for durão ou não gostar muito de você, dirá algo como: “por mim eu não deixo, mas se ela quiser, tudo bem.” O pedido oficial ao sogro é uma grande formalidade, mas bastante necessária. Ele se sentirá feliz pelo seu respeito e consideração de pedir primeiro a ele, pra depois pedir a noiva. Uma última coisa, peça a seu sogro que não conte a filha sobre a sua visita, até porque você irá pedi-la em noivado horas depois.

Pedido oficial feito, é a hora do jantar. Escolha um restaurante chique, mas chique mesmo, se for preciso junte dinheiro o ano todo pra isso. Chegue antes ao restaurante, peça ao garçom para em um dado momento deixar o ambiente à meia luz, e para trazer velas para iluminar sua mesa. Fale também com o cantor e  peça pra ele cantar “àquela música”, a música preferida do casal, ao seu sinal. Prefira uma mesa mais reservada. Converse normalmente com ela, sempre falando coisas românticas e batidas, mas que provocam um ótimo efeito, como: “você está linda”, “eu te amo”, “tava morrendo de saudade”. Quando sentir que está no momento no certo, faça o sinal para o garçom que desligará as luzes e trará as velas; faça também o sinal para o cantor que cantará  “àquela música”. Ela ficará deslumbrada e como diz o poeta Amazan, “é aí que você pega a fera no momento de fraqueza”, colocando a aliança no dedo dela e a pedindo em casamento. Pode acreditar, depois de tudo isso, ela não ousará lhe dizer não. E tem mais, irá lhe recompensar muito bem mais tarde.

fonte:

www.natalicio1984.zip.net (agora em novo endereço www.natalicioevangelista.wordpress.com)