O que é auto-ajuda?

Auto-ajuda refere-se a qualquer coisa que possa ajudar o indivídua a si transformar, melhorar. Seja aprimorar na forma econômica, espiritual, intelectual ou emocionalmente. Hoje é um lucrativo ramo literário.

Os critícos afirmam que esse tipo de literatura vendem falsas esperanças, iludindo uma camada desdesperada da população. Segundo, a CBL – Câmara Brasileira de Livros – em 2000 o segmento de livros de auto-ajuda cresceu 7% no Brasil.

Confesso, eu tinha um certo preconceito quanto a esse gênero literário, isso porque achava vinculado ao charlatanismo e não me imaginava nesse tipo de nicho de mercado. Hoje, alguns livros de auto-ajuda encontram na lista dos livros que pretendo reler. Três dos quatro livros que estou lendo são de auto-ajuda e vários já estou juntando dinheiro para comprar. Não pretendo ficar presa a esse tipo de leitura, mas, sinceramente estou adorando.

A principal dica que dou é “não acredite em milagres”, mudanças reais necessitam de tempo, livros que prometem soluções em uma semana, com certeza, estão na coluna do charlatanismo.

Para mim, os livros funcionaram um pouco. Acho que cresci muito mais trabalhando com meu cunhado e aprendendo na prática que o mundo é bem diferente do que na teoria, do que lendo esses livros. Mas alguns conceitos, filosofias ou ideias venho seguindo. A segunda dica é “mescle”, você não precisa seguir o conselho do seu guru (kkk) completamente, aprenda alguma coisa, aplique outras e jogue o que não achar interessante fora. Algumas coisas são totalmente inaplicáveis outras devem ser melhoradas e algumas são,simplesmente,  boas do jeito que são.

Você não é culpado por todo o mal que tem na sua vida, com certeza. Mas será capaz de transformá-la se tomar as rédeas dela.

Continuar lendo

Anúncios

Irritando Márcia Danyelle, episódio de hoje: “META-SE COM SUA VIDA”

Meu sonho é sair gritando “META-SE COM SUA VIDA!”, as vezes passo a tarde planejando isso. “Márcia, porque você não…” e eu chego bem próximo e grito “META-SE COM SUA VIDA!”. Eu sei, é sonho. Porque mesmo que eu ache que minha vida não interessa a ninguém tenho que sorrir e ouvir perfeitamente todos os palpites que todo mundo quer dar na minha vida. Mas um dia soltarei o “META-SE COM SUA VIDA!” e sairei de alma lavada.

Eu sei que é difícil vê uma pessoa como adulta, eu sei, as vezes nem eu consigo me vê como uma adulta. Mas, por mais incrível que pareça, eu sou adulta e gostaria de ser tratada como tal. De seguir minha intuição, fazer as coisas do meu jeito. E mesmo sendo adulta, não querendo ouvir conselho de “SEU NINGUÉM” sou obrigada a ouvir conselhos, sou obrigada a justificar minhas ações a quem não paga minhas contas como se ainda fosse uma criança. É provável que meu sonho do “META-SE COM SUA VIDA!!!” nunca se realize e eu ainda terei que ouvir conselhor até da “FILHA DE MAOMÉ PREGADO”. Mas valeu o desabafo.

OS 7 hábitos das pessoas altamente eficazes

Já existe o 8º hábito, mas esse minha amiga não me deu.

É o meu lado Bridget Jones ou todo mundo que começa um novo livro de auto-ajuda acha que esse mudará sua vida? Ainda sigo O SEGREDO de cabo a rabo, mentalizo coisas para conseguir vaga de carro, agradeço pelo meu dia e modifico a parte dele que não gostei. Mas acho que esses “7 hábitos…” vai dá um UP na minha vida, basta segui-los.

Não há milagre, para uma coisa virar hábito é necessário que a treinemos noite e dia. Todos os dias da sua vida você tem que exercitar-se para tornar-se melhor. Esse livro não promete um milagre, não. Ele diz exatemente isso que lhe falei, seja disciplinado siga os hábitos e será uma pessoa melhor.

Trata-se do gênero auto-ajuda empresarial e usa termos da administração como eficácia, produtividade, proativo… E lhe mostra que você é capaz de mudar o universo mudando a si próprio. É uma literatura sobre sucesso através da eficácia.

OS HÁBITOS SÃO ESSES:

 

  • I. Seja proativo
  • II. Comece com o objetivo em mente
  • III. Primeiro o mais importante
  • IV. Pense ganha/ganha
  • V. Procure primeiro compreender, depois ser compreendido
  • VI.Crie sinergia
  • VII. Afine o ]instrumento
  •  

    Eu acabei o primeiro hábito hoje e estou treinando uma série de coisas que ele sugeriu.

    Soluções

    Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas“. E não falo de pessoas, falo da sua situação. Sim, do momento que você está rodeado. Eu sei que é duro ouvir isso e que seria mais fácil culpar alguém. Mas você é responsável pelo que faz da sua vida.  Aceite a responsabilidade e comece a pensar que se você é responsável, você também é a solução.

    Se tem problemas com baratas, com sua família ou profssional. Você é a solução dos seus problemas. Dentro de você encontra-se tudo que precisa para melhorar sua vida e atrair o que necessita. Basta ter força de vontade.

    Se o chamado do bar é irrestível, a única pessoa capaz de fazer você ficar em casa é você.  Se a preguiça te faz passar a tarde no sofá, a única pessoa capaz de fazê-lo levantar é você.  Se não ama sua esposa, a única pessoa capaz de fazê-lo voltar a amá-la é você.

    Soluções não surgem de fora para dentro, não dá para mudar o universo, o passado ou o mundo, mas pode mudar a si próprio. Soluções precisam de querer, mudanças precisam de querer. Então, não basta dizer “eu quero mudar” e esperar que o universo lhe mude, é necessário exercitar o músculo da mudança. Comece com algo simples e torne isso um hábito (que tal comer verdura? ou tomar mais água?) e depois aumente o grau da mudança. Lembre-se a única pessoa responsável por você é você mesmo. Você não pode controlar o trem, mas pode decidir se ficará dentro ou na frente dele. Assuma as consequências e seja senhor e mestre do seu destino.

    Exercício de hoje: Faça um plano ou uma promessa e tente cumprí-lo. Pode ser algo simples.

    Quem me conhece sabe que tenho muita dificuldade em deixar meu guarda-roupas (só isso?) arrumado. Então, prometi que deixarei meu guarda-roupas arrumado por 30 dias. “É um pequeno passo para a humanidade, mas um grande passo para Márcia”

    Sentimentos

    Você possui dois conjuntos de sentimentos: os bons e os maus. E sabe a diferença entre os dois porque um faz você se sentir bem, e outro faz você se sentir mal. É a depressão, a raiva, o ressentimento, ou a culpa. Esses sentimentos não fazem você se sentir fortalecido São os maus sentimentos… (LISA NICHOLS)

    Há alguns anos eu costumava ter muita raiva de uma-certa-pessoa e para mim era uma raiva plausível, pois alguns dos meus planos não haviam dado certo por culpa dela e ela era a culpada por tudo que pudesse ou poderia dar errado na minha vida (estivesse ligado a ela ou não).  E acho que esse pensamento negativo, essa raiva que eu tinha direcionada a ela nunca a afeitou. Ela continuou com seu namoro perfeito, com suas futilidades, com sua família de sonhos e conseguindo tudo que eu não consegui. E eu fiquei parada no tempo, presa a minha raiva sem entender o porquê.

    Então vem a ideia chocante – meus pensamentos não poderiam afetá-la e sim só a mim. Sim! Toda a energia negativa que eu tinha contra ela e contra tudo que ela tocasse só atingiam a mim. Eu iria me tornar uma pessoa amarga, eu iria ficar presa no meu castelinho de raiva, magoa, ódio e culpa. Ou seja, de nada me servia esse ódio.

    Continuar lendo

    Medo de dirigir e comprinhas

    Outro dia li uma reportagem que falava sobre “superar seus medos” e vi uma mulher dizendo que  fazia anos que convivia com os mesmos medos sem enfrentá-los. Sentia-se um exemplo de fraqueza, sentia-se envergonhada diante dos filhos e menor próximo as outras pessoas. Para ela o seu medo era o pior dos seus defeitos e tinha muita vergonha de tê-lo. Não sei dizer qual o limite entre medo e fobia, para avaliar se o medo dessa mulher já era uma fobia ou continuava sendo medo. Mas quando li seu medo, medo do trânsito. Para ela esse era um grande problema, pois não conseguia dirigir, não confiava em outras pessoas dirigindo e ficava sempre tendo crises me ansiedade quando estava no carro com outra pessoa no volante ou quando seus filhos saiam com alguém (fosse seu ex. marido, pai das crianças, ou algum familiar). Fiquei meio envergonhada, também tenho medo de enfrentar o trânsito – mas não na proporção dela. Tenho medo dos pedestres, dos outros veículos… Na reportagem só falava do medo dessa pessoa e até o fechamento da matéria ela não tinha enfrentado seu medo.

    Não nego, comigo acontecia (passado porque vou superer) algo semelhante, eu me sentia menor que as pessoas ao meu redor por ter medo. E nunca confessava que tinha (ainda tenho) medo de dirigir. Já tentei tirar a carteira de motorista mas a sensação de “não posso” foi maior e desisti, me sentir inferior as outras pessoas me fazia muito mal.

    Natalício sempre fala que eu posso, eu vou conseguir e que seFulaninha que andou quase dois bairros com o freio-de-mão puxado pode, eu também posso”.

    Agora, decidi que esse ano seria um ano de mudanças em minha vida e que a procastinação e o medo não se encontrariam no meu dicionário. Decidi que em 2010 seria uma guerreira.

    Para que isso aconteça, tive que encarar meu medo e aprender a dirigir. Já passei pelas três primeiras fases e em breve estarei pegando o carro. Se fosse dá um conselho: VAI FUNDO. Não deixe que o medo o/a impressa de tentar. Que a sensação que tem de inferioridade lhe faça recuar. Se você é igual a todos os outros e todos os outros conseguem, porque não você? Pague quantas aulas extras precisar, não tenha medo de pedir ajuda. Você pode!  

    Eu sei que para muitas mulheres é bem difícil (eu o/, por exemplo), mas tem que ir fundo. Eu tentei uma vez, mas como contei a vocês sou uma procastinadora de primeira. Então, esse é a segunda vez que tento tirar a carta e agora vou até o fim. 

    http://www.medos.com.br/medo-de-dirigir/

    Continuar lendo

    Tudo que poderia dá errado num casamento…

    casamento irmã de wilson

    Meu pai diz que não vale a pena fazer festa pois todo mundo sairá falando. Verdade! Não importa quão perfeita sua festa, algum motivo acharão para falar.

    casamento irmã de wilson 027

    casamento irmã de wilson 034

    Ontem eu e Natalício (e Naíla) fomos a uma festa de casamento ao ar livre. Nossa, perfeito, a iluminação, o tempo, a lua, os convidados e o lugar. Mas parece que perfeição não existe, começou com um parente que caiu no banheiro e cortou o pé, coitado acabou indo para o hospital levar ponto, depois outro parente perdido e, ainda,  um padrinho se atrasado e o casamento que estava previsto para as 19:00 começou a atrasar, já era 20:00 quando começou a chover e todo mundo correu para um cobertura de 2 metros. Ficar protegido da chuva e torcendo para a coisa não piorar, mas a coisa só piorou.  Faltou energia. A chuva já tinha passado, o padrinho aparecido e a energia nada de voltar.

    Quando voltou já eram 22:10 e qualquer coisa, mesmo muito lindo, depois de 3 horas de atraso torna-se massante e a demora para entrada dos 10 casais de padrinhos, de cada lado, os parentes dos noivos e os noivos, já me levavam a loucura. Acabei indo embora e sendo substituída por Naíla, que chegou para ficar no meu lugar. A cerimônia acabou a meia noite e depois disso a banda deu defeito e meia noite e meia ainda não haviam servido o jantar. Todo mundo estava a ponto de enlouquecer e Natalício saiu sem comer, beber ou cortar o bolo. Além disso, o lugar era quente (já no salão). E o que poderia ser o casamento dos sonhos quase enlouqueceu os convidados.

    Para não cair em furadas:

    • Certifique-se que o salão que você alugou tem gerador próprio;
    • E que todo o equipamento que você pretende usar será compatível com a rede. Segundo o Engenheiro Antônio Carlos, a rede suga energia e quando passa do limite a tendência é que haja problemas;
    • Avise aos padrinhos sobre atraso;
    • Verifique a previsão para a semana e dia do seu casamento;
    • Converse com o organizador sobre um plano caso haja chuva, uma tenda;
    • Certifique com o dono do Salão que o ar condicionado será ligado algumas horas antes para que a temperatura esteja agradável;
    • Converse com o Pastor ou Padre para que o casamento seja encurtado em caso de atraso – pense nos convidados

    casamento irmã de wilson 029