Mais Uma de Amor…

Uma das conversas mais profundas que tive foi com Júlia Márcia, parece que foi ontem, ela com o namorado no colo e nós duas conversamos no meio do show sobre se apaixonar, enamorar… Um pouco bêbadas, confesso, mas simplesmente inacreditável.

Parecia que o mundo tinha parado, duas amigas discutindo o que era o amor e como era gostoso sentí-lo, nem que fosse por alguns instantes. Eu não acredito que o amor seja eterno, acredito que ele deve se renovar sempre. Também não acredito que haja três ou quatro tipos de amor, como não há vários tipos de ciúme ou inveja. Amor é um só. A diferença do amor carnal é que por não ter laços de sangue é necessário, sempre, renová-lo. É preciso conquistar a pessoa amada sempre, cuidar do amor e protegê-lo.

Acho que sai do assunto…

Então, talvez, você possa se apaixonar por alguns instantes e seguir sua vida como se aquele amor nunca tivesse acontecido. Alguns amores deixam marcas, te ferem até a alma, outros se vão de uma maneira tão tênue e doce que você mal saberá como foi que ele chegou.

Assim, hoje eu recomendo que acredite no recomeço, que mesmo ferido por outro ou pelo mesmo tenha intensão e desejo de recomeçar. Seja capaz de perdoar o perdável, aceitar o aceitável, entender o inaceitável, pesar o passado e quem sabe,?, recomeçar. Se não for possível recomeçar com um… Recomece com outro, sinta o frio na barriga, o medo, o prazer, a loucara e comece tudo outra vez. Amar é muito bom, sabemos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s