Noiva Neurótica (parte I)

full_14112005_asur-bridezilla

O estresse pré-nupcial é normal, afinal, casamento é mudança, é trabalho e preparo.

Mas como trabalhar esse estresse? Primeiro, entenda que você irá passar por um período de mudança que não envolve somente você e sim toda sua família. Seus pais irão passar pela “síndrome no ninho vazio”, o que pode deixá-los emotivos ou até, na pior das hipóteses, causar uma auto-sabotagem. Segundo psicólogos, tal fenômeno é um ato de defesa dos pais causado pela ideia de “perda” do filho.  É aquela típica cena do pai da noiva investigando o noivo, a mãe do noivo tentando destruir o casamento, enfim, cenas que você pode pensar que sejam tipicamente hollywoodianas. 

E  você estará prestes a dividir sua vida com outra pessoa “fora” do leito familiar. Sim, a escolha foi sua, no entanto, quem disse que mudanças não causam medo? Causamnoiva+preocupada! Não pense que é anormal por temer o bater as asas e voo. A saída do ninho não é fácil para ninguém. Então, é normal sentir esse estresse, essa ansiedade e tudo mais. Saiba lidar com isso, converse, preste mais atenção aos motivos de seu nervosismo e trabalhe para que tudo não estoure de uma vez. Se sentir que algo está errado é porque provavelmente estará. Essa é a hora de sentar-se e analisar seu comportamento, conversar consigo ou com outrem e vê o que houve. Tome cuidado, ninguém merece levar “esporro” ou ser saco de pancadas de outro, controle-se! Antes de começar uma briga, pense, respire e veja se vale a pena brigar por esse motivo e se esse é o real motivo do seu nervosismo. Sabe quando você estoura porque a caneta falhou? O motivo real não foi a caneta e sim outra coisa que você, no momento, não consegue identificar. Assim, antes de furar olhos, gritar com a sua mãe porque a caneta é uma droga, sua vida é uma dr0ga, nada da certo na sua vida, ninguém lhe ajuda, você está mais gorda… Veja que o motivo não foi exatamente a caneta e sua mãe, coitada, só lhe forneceu a caneta para você anotar um telefone. Essa é a hora de sentar e pedir desculpas. Lembre-se não guarde sentimentos ruins, não desconte nos outros e sempre se pergunte o que está errado.

Algumas coisas não sairão conforme o planejado é hora de ser maleável e mudar os planos. Flexibilidade é uma virtude! Pense nisso!

Segundo – e maior – motivo de estresse pré-nupcial são as boldas – a festa e a cerimônia. Algumas noivas tendem a reclamar de que tudo sobra para ela, o noivo não se mete e seus familiares não se oferecem para ajudar. Nesse caso divida suas aflições com o noivo, peça ajuda as madrinhas, irmã e mãe. Quem sabe não está havendo uma falta de comunicação? Se as ajudas começar a aparecer, confiança será a chave de tudo. Saiba delegar, isso é fundamental para não ficar sobrecarregada. Lembre-se que esse período preparatório tem que ser de paz, sua cabeça não funcionará num ambiente de estresse, você estará cansada e não curtirá tais momentos como devia.  Não diga que não precisa de ajuda quando sente-se sobrecarregada, ninguém é capaz de carregar o mundo nas costas.

Outro bom motivo para pedir ajuda é que você terá alguém para ouvir suas ideias e dizer se elas estão boas ou não. Você poderá fazer a escolha do vestido um ótimo momento para curtir sua mãe, tia, avó, sogra… Quem você escolher! Será bom para evitar a “síndrome do ninho vazio”. Seus pais se sentirão partes do processo. E isso é muito bom!

Aguns dizem “dinheiro não é problema, noivas neuroticasé solução!”. Então, não faça do dinheiro um problema para suas núpcias, não vale a pena! Comece uma poupança para a cerimônia um ano antes. Encaixe sua cerimônia no seu orçamento e não o contrário. Não vale a pena investir muito dinheiro numa cerimônia quando ainda mora de aluguel ou não tem uma geladeira. Embora seja um momento único algumas coisas podem ser motivos de um futuro problema.

Uma solução é fazer uma lista do que você precisa para seu casamento e sair riscando a medida que vai concluindo-os. Assim, na hora você terá certeza que não esqueceu de nada.

Eu fiz um modelo de lista para ajudá-las:

  1. Aliança, lembre-se de gravar (se desejar) os nomes nelas;
  2. Estabelecer um limite para o orçamento;
  3. Comece uma dieta, malhe;
  4. Beba bastante líquido;
  5. Faça os exames pré-nupciais;
  6. Compre um caderno e uma pasta para guardar as notas fiscais e saber quanto está gastando. O caderno sempre deverá estar com você, para você anotar ideias, planos, riscar itens de sua lista, vê quem ficou responsável pelo quê, o que falta e essas coisas. É seu diário da noiva, se preferir
  7. Data e local cerimônia;
  8. Estabeleça um local para os presentes, onde os convidados poderão deixá-los;
  9. Quem vai celebrar a cerimônia?;
  10. Lista de convidados (isso vem antes da escolha local);
  11. Escolha do local da festa;
  12. Escolha dos padrinhos, damas, pajem;
  13. Calígrafo;
  14. Convite;
  15. Músicas para a cerimônia;
  16. Músicas para a festa (DJ ou banda?)
  17. Decoração da festa;
  18. Decoração da cerimônia;
  19. Bolo;
  20. Lembrancinha?;
  21. Fotógrafo;
  22. Iluminação;
  23. Votos;
  24. Doces;
  25. Chocolates;
  26. Bem-casados (tradicionais);
  27. Penteado da noiva;
  28. Vestido da noiva;
  29. Sapato da noiva;
  30. Jóias da noiva;
  31. Lingerie (casamento)
  32. Lingerie (núpcias)
  33. Almofada para alianças;
  34. Flor de lapela para o noivo;
  35. Roupa do noivo;
  36. Bouquet (2x?);
  37. Sapato do noivo;
  38. Documentação cívil;
  39. Lugar para a lua-de-mel;
  40. Lembrancinhas;
  41. Licor;
  42. Bebida;
  43. Jantar;
  44. Bolinhas de sabão, arroz ou borboletas?;
  45. Lista de presentes;
  46. Chá-de-panela;
  47. Lembrancinhas para o chá de panela?;
  48. Ensaiar a entrada;
  49. Dia da noiva;
  50. Lavar o apartamento do casal;

aaaa

Foi tudo que eu consegui lembrar!

Anúncios

Um comentário sobre “Noiva Neurótica (parte I)

  1. Mãe de bridezilla disse:

    Muito legal seu blog, a lista ajudou bastante, sou a mãe da bridezilla, e o casamento da minha filha é nos EUA, estou tendo que organizar uma festa em um outro país, numa cultura diferente, falando em inglês,lígua que nem tenho o domínio absoluto.Minha filha é brasileira e o noivo (que virou groomzilla também), é americano assim como toda a sua família. Pouco tempo para fazer muita coisa, mas vamos chegar lá, vivos, no dia 30 de abril.
    Bijos from USA!
    Bridezilla’s Mother

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s