Eu nem sou fã da Avril Lavigne, mas gostei desse clipe, vale a pena conferi-lo.

Bia, minha irmã caçula, passou a tarde me ensinando como eu deveria cuidar de um bebê, segundo ela eu tenho que inventar um nome do meu filho. Nada de nomes fáceis, esses estão batidos, devo colocar um nome que ninguém mais tenha. Não posso ter medo quando o bebê sair da minha barriga, ele vai estar chorando e cheio de sangue. Não me interessa quem colocou o bebê na minha barriga, ele fica nadando dentro de uma bola e fim.  E a noite foi a vez de Natalício fazer planos para nossos filhos…

Acho que as pessoas que freqüêntam esse blog devem saber que eu sou louca para ter um filho, faço mil planos para ele. Mas acho chato (para não dizer triste) o fato de eu não ter mãe. Então, quando eu tiver filho nem poderei contar com os ensinamentos de uma mãe, não poderei ter alguém para dar o primeiro banho, me dizer o que estou errando. Ou seja, é bem provável que eu tenha que aprender com meus próprios erros. Natalício me disse que é bem provável que a mãe dele me ajude, não tenho dúvidas… A família dele é muito gentil comigo. Mas sempre irei sentir falta da minha mãe, principalmente nessas horas.

Já que o assunto parou em bebês eu tenho uma dica muito boa: Extra! Extra! Chegou aqui em João Pessoa, ainda não vi em nenhum outro supermercado, uma linha de produtos de segurança infantil. São protetores de quina, tomada, vaso sanitário, porta, detector de movimento, baba eletrônica… Enfim, um arraso! Se vocês tiverem primos, sobrinhos, filhos, irmãos, enteados… Sei lá! Eu recomendo, principalmente o protetor de quina ele é feito de silicone e bastante discretio, ninguém nem nota sua presença. Há também um para pais neuróticos, dectetor de movimento, uma espécie de babá eletrônica do futuro (só que no presente!). Ele detecta até 20s sem respirar, ou seja, salva uma vida!!! Se você tiver uma dúvida do que dá para uma gestante, eu recomendo isso!

Anúncios

Um comentário sobre “

  1. Albemária disse:

    Adorei a dica de Bia, seu filho tem que ter nome diferente, único, tipo: “Albemária”…kkk…
    Quanto o ter o filho, podes deixar que eu te ajudo a cuidar, é uma pena que você não tenha sobrinhos, aprendi um montão cuidando deles. xD.

    E mesmo assim, se ainda precisar, eu empresto minha mãe viu amiga

    bjuss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s